terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Frágil, sim, e daí?

O título de hoje foi baseado num post que a Danee fez uma vez em que ela citava que as pessoas muitas vezes são superficiais e querem o tempo todo mostrar que estão bem e felizes como num gigante facebook. E ontem eu meio que fiz isso... não por querer me esconder, mas pelo medo de assustar vocês com um post meio desesperado. Por isso preferi deixar passar para depois escrever. E acho que fiz bem, porque rendeu o que vocês lerão hoje. Fiz o post de ontem, de 3 meses, e naquele momento não transpareci nada o que estava sentindo. Estava num misto de ansiedade, preocupação, angústia... porque 3 meses é muito pouco tempo. E se contarmos só o tempo que eu tenho para resolver os assuntos casamentícios (noites e finais de semana) sobra menos tempo ainda. Foi então que acordei pensando nisso. Somados os fatos: nós do sexo feminino já temos alterações hormonais mais bruscas e tem dias em que acordamos piores do que outro + Rafael está viajando a trabalho e eu não estava com meu amor por perto + era segunda-feira, o dia da preguiça + o sono que ainda não tinha recuperado completamente, pronto: parecia que o mundo ia acabar, que eu não ia mais ter tempo de fazer nada, fiquei sensível pra caramba, e toda chorosa.

Aí eu mandei e-mail para madrinhas honorárias, perguntando se isso era normal, essa sensibilidade quando o casamento ia ficando mais próximo, e elas prontamente entraram em ação, contando das experiências e eu fui tentando me espelhar. Certamente elas se pronunciarão nos comentários, assim que tiverem tempo. Eu não coloquei nominal porque estou fazendo o post rapidinho e não deu tempo de pedir autorização. :) Basicamente, o mix de respostas foi o seguinte:

"Tinha plena consciência de que estava dando o meu melhor, e que se por acaso não desse para fazer algo, ok... uma vez que as coisas principais já estavam fechadas e tudo ok."
Aqui pensei: Poxa, eu também estou com todos os contratos grandes fechados, por que me preocupar?

"Eu sempre tive mt medo de virar uma bridezilla da vida, e por isso me preocupei em me manter calma, zen..." Essa foi uma frase recorrente nas respostas.
Com essa frase, pude perceber que, graças a Deus, eu também me preocupava em não ser uma bridezilla. Pergunta se alguém no meu trabalho sabe da minha contagem regressiva, se ontem contei para alguém que agora só faltam 3 meses, ou se alguém sabe de todos os meus preparativos? Não. Justamente porque sei que as pessoas têm outros assuntos e se eu só conversar sobre a minha vida, sobre o meu momento, me tornarei uma pessoa completamente desinteressante. Ainda bem que posso desabafar com essas amigas, eternas noivas, que já passaram por isso e não vão achar uma besteira, tanto que uma delas falou:

"Eu fiquei assim nos últimos meses também... chorava muito e como nao tive ajuda de muita gente eu ficava meio que me sentindo a única q estava ligando pro casório."
Então vi que isso é normal, ficamos com os nervos e a sensibilidade à flor da pele e temos de aprender a controlar isso, porque o mundo não para para você casar.

Para finalizar, recebi mais um conselho/testemunho que dizia:
"Eu me emocionei muito durante os preparativos, com pessoas que demostravam mais carinho comigo do que podia imaginar e também com o descaso de muitas pessoas que eu julgava ser especial."
Acho que isso acontece com 101% das noivas, né? Comigo já está acontecendo e estou preparada para acontecer até no dia. Já ouvi gente dizendo que alguém que não esperava veio dar tanto carinho no dia e alguém que era certo de ir não vai e nem dá satisfação... enfim, acontece. 

"No final dá tudo certo, mas ter calma e não achar que tem que se ter tudo que está na moda já ajuda bastante."
Aqui pensei de novo: É verdade...não tenho com que me preocupar, já que o principal está fechado e se faltar algum item de "modinha", só eu que vou saber porque a maioria esmagadora dos convidados presentes nem lembra a última vez que foi a um casamento, que dirá saber o que está em alta no mundo casamentício.

"As pessoas se preocupam mais com uma festa perfeita, impecável do que em ter um casamento feliz e duradouro."
Não preciso dizer nada, né? Essa frase é uma unanimidade entre casais que acreditam no casamento, isto é, o foco do casamento deve ser o casal. Porque a festa passa... Um casamento feliz, amor e marido do lado eu já tenho, minha gente! E nesse caso, se preocupar com festa é muita bobagem. Sei que esse dia é muito sonhado e merece ser planejado e pensado para ser o mais perfeito possível, mas nada que atrapalhe o correr de nossas vidas, porque, mais uma vez, a vida não para para você casar.

Quis escrever isso aqui justamente para ajudar nos dias em que passamos por essas crises, quase inevitáveis no vida de uma noiva e no mundo feminino. Para terminar, depois de tantas frases motivadoras, de amigas não escritoras, dou lugar ao poeta Fernando Pessoa:
Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugna-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito.
 
Fofucha é humana. :)

25 comentários:

Vanessa Santos disse...

Oi amora
Então eu ando muito chorona, muito emotiva, e é normal, estamos em um momento de transição.
Força no buquê tudo vai dar certo.
Beijos

Doces Sonhos de Uma Noiva disse...

Oi Musa tudo bem??? primeira vez que esou aqui...acompnaho seu blog e estou torcendo por você....mais hoje senti uma necessidade de te comentar.....tudo o que você sentiu e explicou nesse post é normal e acontece com 90% das noivas....as outras 10% não estão ligando pro casamento.....
Casei vão fazer 3 meses e posso te dizer que senti tudo isso....me chamou atenção quando vc disse...os itens da modinha...e é verdade...olha eu organizei meu casorio sozinha...estava com todos os meus contratos grandes fechados e ficava me estressando com coisas que eu queria, mais que eu não sabia se conseguiria fazer...no dia não fez a menor falta....o importante é ter uma linda decoração, vc e seu noivo esatrem felizes..um bom fotografo e filmagem pra te deixarem de recordação e uma boa comida...do resto tudo que agente pensa e repensa mil vez por achar lindo...algumas pessoas notam e outras não...e isso não vai tirar o brilho da sua festa pois a grande estrela da noite é você!!!!
Bjos e passe no meu blog.eu ainda não acabei meus relatos!!!

bjoss

Mariana Rodrigues disse...

Oi Musa..oq importa é saber que no final tudo vai dar certo, o momento vai ser especial e vai dar tempo de fazer tudo, se não der, não tem problema não pq o mais importante estará lá, o amor e o casal =)

bjuuuu

Júlia Magalhães disse...

Essa última frase fechou perfeito o post. NG tem que buscar a perfeição. Com certeza por mais que vc se esforce vai ter uma coisa q vc vai falar q poderia ter mudado de ultima hora... o importante é não se estressar, nao brigar com o maridón e relaxar nesses ultimos tres meses.

VAI DAR TUDO CERTO AMORE!!!=)

Déborah Brito, disse...

Não tem mais nada a acrescentar, suas madrinhas honorárias disseram TUDO, parabéns pelas amigas (:

Fique calma amiga, tudo já tá dando certo, beijooooos.

Beatriz Amaral disse...

Musa, sem crise! Rsrs! Eu ainda tô um pouco longe dessa ansiedade que as noivas vão sentindo quando está bem pertinho e de repente cai a ficha que falta um tanto de coisa.

Eu sei que é difícil a gente controlar os sentimentos nesses momentos (olha a manteiga derretida falando!) e que você ainda vai chorar um bocado até o dia do casamento mesmo, mas tenta cobrar menos de você. Como já disse, o essencial já está garantido, a festa é apenas uma comemoração e as pessoas não vão nem reparar se as flores vieram rosa ao invés de lilás...

Relaxa e curte o restinho dos preparativos, vai dar tudo certo, tem muita gente torcendo por vocês!

Beijos!

M.Munhoz disse...

Querida calma ... aproveite até os desesperos. VOCÊ VAI SENTIR FALTA MESMO DESSES PREPARATIVOS !!!! Beijos

Karol Firmino disse...

Oi Musa, fique tranquila pois vai dar tudo certo tenho certeza!

beijos

Silvia disse...

Consegui um tempinho hoje para passar nos blogs e lógico que vendo esse título foi o primeiro que visitei =)

Querida, eu acho que você está super consciente da situação. Quando a gente vai casar, mesmo já morando juntos, mesmo já tendo assinado os papéis, é tudo muito emocionante mesmo. Mas a gente tem que confiar nas nossas escolhas, se o marido que é o mais dificil já tá escolhido, o resto é fácil! =)

No fim das contas o que importa é a vida feliz e as memórias felizes daquele dia, portanto se estressar e procurar coisas erradas não leva a nada. E sempre que precisar me liga, viu?

Beijão!

Micha Descontrolada disse...

ai, amiga, sei bem como é isso.
mas no final dá tdo certo.


/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Carol disse...

Ufa Musa! Que bom que melhorou! Eu sei bem o que é ficar depre as vezes, nada de perfeito, e eu já escrevi no dia mesmo da crise hehehehe
Mas que bom que vc tem madrinhas e amigas do seu lado, ne? Fica tranquila que vai dar tudo certo!

Beijos!

disse...

Linda, força no buquê, porque tudo vai dar certo! Torcida por aqui é o que não falta viu?
Bjks

Taise Pottier disse...

Oi Musinha!!
E nornal nos ultimos meses ficarmos mais sensiveis,comigo foi barra, pois longe de tudo que havia sonhado e te confesso que a pessoa que mais me consolou foi meu branquelo,que sempre dizia o importante é que sejamos eternamente felizes, pois a festa é so dois dias e nosso amor sera pra sempre e é isso que quero te dizer, que o amor de vcs seja eterno e se precisar de um ombro amigo, tenho dois. Passa la no meu cantinho que tem selinho pra ti e ontem mantei minha lembraça pro casal fofuchos da blogsfera! deve chegar em 2 SEMANAS!bjs

Danee disse...

Musinha, isso que você tá sentindo é normal. Chega uma hora que a gente tá querendo colo, apoio ou apenas uma pessoa pra ouvir o nosso sonho e infelizmente pessoas que nos são queridas nos dão as costas ou pouco aparecem num momento de tamanha importância. Não deixe se abater, vcs planejaram e ralaram muito para construir a cerimônia, festa e a casinha de vocês. Isso é coisa pra caramba. Não ligue pras coisas da moda (sei que é difícil, noiva quer tudo! rsrsrsr) mas pense que um amor sólido vocês já estão construindo e isso é o mais importante. Uma dúvida, que post foi esse? Eu não lembro. hahahahahahah
Obrigada por ter me citado.
beijocas

Ju disse...

Madrinha honorária MODE-ON! hehehhe

Fico feliz de ter ajudado querida!! O mais importante vc já tem, que é o amor do noivo ;)

Liliane disse...

Olha eu ai =P
No final dá tudo certo sempre! Pode confiar! Se na época de noiva eu tivesse acredito nas casadas tudo teria sido bem mais leve...rs
Bola pra frente!
Beijos

Kelly Oliveira disse...

Bola para cima!!! Esse momento é para ser bom! nada de choro!!!

Bjkas

Eriquices disse...

Oi Musa, sou nova por aqui! E estou bem fresquinha qto ao casamento pq estou no inicinho dos preparativos. Achei muito legal vc ter compartilhado e desabafado este momento único e seu. Só pense que no final( falo isso pq a gente sempre tem uma amiga que já casou, passou pelas mesmas questões..)vc vai rir, sentir saudades dessas aflições vindas da preparação do casório, no geral, e dará muitas e muitas risadas!!
Adorei o seu blog. Ele é muito simpático, como vc tb. te seguindo..
Aproveite e visite o meu. Tenho muitas dúvidas e pqnas aflições sobre o mundo casamentício..quem sabe poderá me ajudar. Ou melhor, nos ajudar, quem sabe? Gde beijos!
http://byeriquices.blogspot.com/

Mulher e Ponto disse...

Oi Musa ...
è a primeira vez que escrevo no seu blog, mas sou leitora assídua dos seus posts...
sou noiva também e o seu alto astral me deixa muitíssimo bem, mas pensava, será que ela não fica nervosa como eu estou?
Hoje me surpeendi quando li seu post, e queria dizer que comigo não está sendo diferente, já engordei, pesava 58kg e hoje estou com 62kg pode parecer pouco mas pra gente faz uma diferença e tanto, fico muito nervosa, estou tendo crises de choro, estou distribuindo patadas, e pra variar no trabalho as coisas estão frenéticas... não vou casar no religioso, mas estou vendo tudo que qualquer noiva tem ver apartamento(que estou esperando a obra entregar), cartório( que deu a maior confusão pra dar entrada nos papéis, esta no meu blog, depois você lê pelo menos você vai rir um pouquinho), carro(porque estávamos sem carro e resolver um monte de coisas em vários lugares sem carro é desgastante ainda mas nesse sol de lascar que está no RJ), trabalho(preciso de din din para o patrocínio do sonho), faculdade (porque preciso ter um formação profissional), isso tudo porque já não tenho mas cama para dormir desde maio do ano passado, pois o enxoval, eletros e móveis tomaram conta da minha casa... vou parar por aqui senão você nem vai querer saber meu nome não é ... rsrsrs
O casório está sem data ainda dependo do cartório e da obra, e isso me deixa louca, mas vou levando com fé e rezando muito pra papai do céu aliviar um pouquinho.
Sabe que quando precisar, sei que ainda não nos conhecemos mas se quiser gritar e chorar a angustia e a ansiedade, no mínino terá companhia pra isso.
Beijossss
http://mulher-e-ponto.blogspot.com/

Biessa disse...

"As pessoas se preocupam mais com uma festa perfeita, impecável do que em ter um casamento feliz e duradouro."

Não poderia concordar mais. É claro que nos esforçamos em fazer o melhor possível deste momento único, ainda mais pq empreendemos tanto esforço e $$ né?

Ó, vou te falar que tenho crises volta e meia. Juro! É mais que normal. ;)

E tb só falo sobre o assunto quando me perguntam. Fico com medo de ser uma chata monotemática - tipo certas amigas quando engravidam e não sabem falar de nada que não seja relacionado ao assunto. Já aconteceu com vc? é uma pentelhice! rs

Beijos!

Musa disse...

Mulher e ponto,

Obrigada pela força e acredite, estou torcendo muito por você: para emagrecer, para tudo dar certo no cartório, para o apê ficar pronto e para que seus sonhos se realizem. Fica tranquila, papai do céu certamente está olhando por você. Obrigada!

--------------------------

Biessa,

Claro que já aconteceu. Eu relevo porque acho que quando eu tiver um baby vou ser assim. hahaha
Tomara q eu consiga me policiar. Ah, meu vestido era da OhBoy sim!

-------------------------

Todas vocês,

Obrigada pela força e carinho de sempre! Que lindas!!!

Beijos!

Musa disse...

Danee,

O post foi do dia que você decidiu "mudar de vida", agora recentemente. :)

---------------

Taaa,

Obrigada! Estou ansiosa pelo mimo francês. :)

Beijos!

Maitê disse...

Minha querida !!!!!!!!

Eu imagino o quanto vc deve estar nervosa,preocupada e com muitas coisinhas para resolver. Mas se vc for pensar friamente, 3 meses é bastante tempo !!!!
Todos os grandes detalhes foram fechados e escolhidos e agora vc só precisa se preocupar com os detalhes ...
Na minha época eu fiquei louca ... o Bruno já morava em BSB, eu tinha o término da faculdade e um chefe terrível me cobrando cada vez mais. O tempo não dava e quando eu pensava em dormir, não podia, pois precisava terminar várias coisas. A minha cerimonialista não foi tão cerimonialista assim, o cheque do decorador com vários zerinhos, bateu em conta errada e o dindin demorou 3 dias para voltar, os vestidos das daminhas só ficou pronto no dia do casamento... e apesar destes e de vários problemas, deu tempo de tudo !!!!

Fique calma, procure relaxar a cabecinha e saiba que se precisar estou por aqui para ajudar no que for preciso.

Beijinhos enormes !!!!

Simone & Carlos disse...

Ai Musa, já passei por alguns desesperos... mas logo depois pensei: para que isso, eu tenho é que me mecher e resolver... mas isso depois de dias sem querer fazer nada. Acho mesmo q é comum com noivas.
Bjux

Tatiane Dias disse...

Todos temos esses momentos....
Seja chegando perto de um big evento ou apenas um leve stress...

O melhor é contar até 10 e voltar a programação normal.

Fácil falar, né?
Quero ver nos meus 3 meses...